Tropas Estrelares ( Starship Troopers )

Título Original: Starship Troopers
Direção: Paul Verhoeven
País: Estados Unidos
Ano: 1997
Estúdio: TriStar Pictures
Duração: 118 Minutos
Tema: Ficção Científica/Aventura

Elenco - Casper Van Dien (Johnny Rico), Dian Meyer (Dizzy Flores), Denise Richards (Lt. Carmen), Jake Busey (Ace), Neil Patrick Harris (Carls), Clancy Brown (Sgt. Zim), Seth Gilliam (Sugar Watkins), Patrick Muldoon (Zander), Michael Ironside (Jean Rasczak), Rue McClanahan (Bióloga) +

Sinopse - Numa história futurista, jovens estudantes são incentivados a entrarem para o serviço militar. O que eles não sabem é que em breve estarão envolvidos em uma terrível guerra contra uma raça alienígena de insetos gigantes, e que a segurança e o futuro da humanidade depende somente deles. Baseado na obra de Robert A. Heinlein, de mesmo título.

Crítica ID - Vanessão

Invocando os bons e velhos anos 80, onde tudo que era alienígena tinha cara de inseto ou qualquer outro animal lazarento, temos este Starship Troopers, um thriller de ação e efeitos especiais bem interessante, que nos mostra a luta entre humanos e insetos gigantes do planeta Klendathu. E olha que essas pragas cospem até bola de plasma, que vem arrasando tudo pela frente.

Nessa história, os jovens são incetivados a servirem como militares, para que possam ser considerados cidadãos realmente. Tanto homens quanto mulheres se alistam, para os mais variados postos de guerra, e os treinamentos são pra lá de esquisitos.

Nem todos servem por ter talento, muitas pessoas estão alí porque querem provar alguma coisa, ou porque estão acompanhando outros. Johnny Rico vai porque a namorada também vai, e ele quer ficar de olho na gata. Mas nem isso impede o cara de tomar um chifrão, gerando mais plots do que campanha de AD&D.

É interessante porque os caras atingiram um nível socio-cultural em que os homens e mulheres tomam banho juntos, os alojamentos também são unissex, enfim, não há mais muita diferenciação, todo mundo é recruta e vão se ferrar em tempo real mesmo, sem perdão.

Atenção nos aliens, eles são um show a parte. Alguns tem aspecto sofisticado, quase robótico, e outros são grotescos e repugnantes, mas todos, invariavelmente são ferozes e cruéis, destroçando suas vítimas em questão de segundos. Os confrontos entre humanos e insetos são muito bem feitos, e estamos falando de um filme de 97! Pra época, achei que tudo estava muito bom. Os recursos existentes foram bem explorados e renderam um filmão ora engraçado, ora trágico, que para mim, é referência em se tratando de guerra interplanetária.

Há vários elementos em Tropas Estelares: romance, saudade de casa, autoafirmação, violência, comédia, estratégia, derrota e vitória. Todos bem amarrados, fazendo com que essa filmagem de quase duas horas apresente um final ao mesmo tempo feliz, sem ser piegas, e engraçado, mesmo que sendo censurado (quem já assistiu, entendeu!).

Fica a dica para aqueles, que assim como eu, vibram com o bom e velho Sci-Fi de navezinhas e ets esquisitões tentando dominar o mundo. Um ótima escolha!







Compartilhar no Google Plus

Autor Vanessa Duarte

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo no html
    Blogger Comentarios

5 5:

  1. insetos alienígenas gigantes que cospem bolas de plasma....

    ResponderExcluir
  2. Lembro você falando deste filme pro Melchiades, e eu n lembrava dele, lembrei, mtooo massa esse filme sahushuahu

    ResponderExcluir
  3. esse filme é massa, lembro que assisti ele na warner bros a uns 12 anos atras.

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial